Publicidade
Rádio Kairos - A rádio da família
    Finados: autoridades alertam sobre cuidados com a dengue nos cemitérios.

    Finados: autoridades alertam sobre cuidados com a dengue nos cemitérios.

    Profissionais da Vigilância Sanitária pedem que a população fique atenta a vasos e outros recipientes que possam acumular água.

    Com a chegada do tradicional Dia de Finados, data que a Igreja celebra nesta sexta-feira, 2, um detalhe não pode passar despercebido pela população: os vasos de flores que comumente ornamentam os túmulos e jazigos podem se tornar potenciais criadouros do mosquito da dengue. E, nesse sentido, são necessários alguns cuidados.

    “Já temos feito este serviço de prevenção com carros fumacê para conter os pernilongos, com um produto específico para controlá-los”, explica o Secretário de Obras e Serviços Públicos da prefeitura de Cruzeiro, José Kleber. “Sempre orientamos as pessoas a ficarem atentas aos vasos e flores para que deixem os pratos com um furo, para que a água não acumule”, acrescentou.

    Os trabalhos de prevenção da dengue, porém, continuarão mesmo após o feriado de Finados. Segundo José Kleber, a prefeitura leva adiante uma equipe que realiza uma varredura até mesmo na capela que se encontra dentro do cemitério municipal. “Vamos cuidar da capela para deixá-la em perfeitas condições. Falta apenas a parte de pintura”, salientou o secretário.

    Para Daniela Bittencourt, diretora do Controle de Animais Sinantrópicos (CAS) de Taubaté, é importante que a população escolha bem os recipientes que levarão para homenagear seus parentes, pois é neles que a água pode se acumular e fazer com que o mosquito Aeges aegypti se propague. “Se for levar flores que tiverem alguma embalagem plástica, remova esta embalagem”, ensinou Daniela. “Se for levar algum vaso, faça um furo nele ou o preencha com areia até a borda. Além disso, verifique se não há nenhuma estrutura no túmulo que acumule água”, acrescentou.

    A chegada das estações mais quentes (primavera/verão) é um período preocupante, pois a incidência de chuvas aumenta as chances de a doença se propagar. No entanto, ainda é difícil analisar quaisquer estimativas para avaliar se a doença será mais ou menos intensa. “Neste momento, estamos realizando uma avaliação de densidade que nos dirá como está o índice de infestação de larvas em Taubaté”, detalha Daniela. “Depois que apurarmos estes dados, saberemos se temos mais ou menos larvas se comparado ao mesmo período dos anos anteriores e teremos uma previsão mais específica para 2018 e 2019”, reitera.

    O Dia de Finados

    A Igreja Católica dedica o dia de Finados a rezar pelos falecidos. A maneira mais tradicional de se homenagear os entes e pessoas queridas nesta data é a participação na Santa Missa dedicada à memória deles e a visita aos túmulos.

    Em 2017, o Papa Francisco celebrou a missa de Finados na diocese de Albano, em Roma, no Cemitério de Nettuno. Na ocasião, o Pontífice dedicou preces especialmente aos mortos em guerra.

    Neste ano, Francisco presidirá a Santa Missa no Cemitério Laurentino, às 16h (hora local). A celebração será transmitida ao vivo pela TV Canção Nova das 12h às 13h27, pelo horário de Brasília.

    Fonte: https://noticias.cancaonova.com/brasil/finados-autoridades-alertam-para-risco-de-dengue-nos-cemiterios/

    Da Redação Multimídia
    Departamento de Jornalismo (com informações: Canção Nova)
    Kairós FM