Publicidade
Rádio Kairos - A rádio da família
    Felipão projeta Libertadores e afasta euforia:

    Felipão projeta Libertadores e afasta euforia: "Não ganhamos nada"

    Luiz Felipe Scolari aprovou a atuação de sua equipe neste domingo (26) e já virou a chave para a partida contra o Cerro Porteño, pela Libertadores.

    Agência Palmeiras

    Já visando a partida da próxima quinta-feira, contra o Cerro Porteño, pelas oitavas de final da Libertadores, Luiz Felipe Scolari fez questão de conter a empolgação da torcida por causa da vantagem conquistada no Paraguai. O Palmeiras venceu o Cerro por 2 a 0 e pode perder por até um gol de diferença no Allianz Parque.

    – Tem de ter calma. Meu torcedor que não se deixe empolgar pela imprensa. A imprensa que é empolgada por 2 a 0, meu time não. Calma, pé no chão, ainda não ganhamos nada. O Cerro jogou com novo treinador, ganhou de 4 a 2, aconteceram mudanças na equipe – disse o treinador, que completou:

    – Cuidado. Esse é o pensamento do meu grupo. Tanto que na terça-feira será a festa no Palmeiras, pessoal solicitou que alguns jogadores fossem e ninguém vai. Temos de nos preocupar com o jogo. Festa é quando terminar o jogo. Cabeça no lugar.

    O empate por 0 a 0 no Beira-Rio e as boas atuações da equipe foram motivos de elogios por parte de Felipão durante a entrevista coletiva neste domingo. Melhor durante o primeiro tempo, o Palmeiras teve boas chances de abrir o placar. Jean e Deyverson desperdiçaram duas oportunidades claras. Mas, o Internacional cresceu na etapa final e levou mais perigo a zaga alviverde. Weverton fez grande defesa em cabeçada de Victor Cuesta. Foi a nona partida consecutiva do Verdão sem sofrer gols.

    – Foi um jogo bem disputado dentro das características das duas equipes. E nós, parece-me que passamos para a quarta colocação por algum critério que não sei qual, em relação ao mesmo número de pontos que o Grêmio. Estamos trabalhando para isso. Tem uma solidez defensiva, tem um trabalho de equipe que faz com que nosso sistema defensivo seja um pouco menos acionado do que vinha sendo. O trabalho do pessoal é muito bom na semana - expôs Felipão.

    Contra o Botafogo na última quarta-feira, Lucas Lima saiu do banco e decidiu, marcando duas vezes. Em Porto Alegre, o Palmeiras iniciou a partida com apenas três titulares e viu a equipe manter uma atuação regular. Felipão destacou a força do grupo e o desempenho de dois jogadores nesta tarde.

    – A gente recebe no clube quando chega uma série de informações que muitas vezes não são informações que o técnico no dia a dia vai conhecendo. Quando cheguei no clube tinha informação que o Luan era marcado pela torcida. Não tem zagueiro no Brasil igual ao Luan. Muito bom. Precisa colocar e precisar dar ao Luan a estabilidade que ele merece. Só jogando e alternando para que a gente possa olhar e fazer o elogio que eu faço hoje de alguns jogadores. O Luan é algum. Vamos ouvindo algumas coisas que vêm do torcedor ou da imprensa, e lá dentro a gente vai modificando de acordo com a aquilo que a gente pode ver. O Hyoran foi muito bem no jogo. É taticamente muito equilibrado, tem velocidade e bate bem na bola. É um jogador de futuro, vamos colocando em jogos de mata-mata para que faça determinada função e ele cumpre - concluiu.

    Fonte: https://esportes.r7.com/lance/futebol/felipao-projeta-libertadores-e-afasta-euforia-nao-ganhamos-nada-27082018

    Da Redação Multimídia
    Departamento de Jornalismo (com informações: R7)
    Kairós FM