Publicidade
Rádio Kairos - A rádio da família
    Embaixador da OMS para a Hanseníase busca apoio da Igreja no Brasil

    Embaixador da OMS para a Hanseníase busca apoio da Igreja no Brasil

    Yohei Sasakawa, embaixador da Boa Vontade, pediu o apoio da CNBB para ações de combate à hanseníase no país.

    O bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Joel Portella, recebeu nesta segunda-feira, 1, o presidente do Conselho de Administração da Nippon Foundation e embaixador da Boa Vontade da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Eliminação da Hanseníase, Yohei Sasakawa.
    A visita a CNBB integra uma série de reuniões do embaixador da Boa Vontade da OMS com líderes brasileiros com o objetivo de articular ações de combate à hanseníase. À CNBB ele solicitou a abertura de espaços em eventos organizados pela entidade para sensibilizar a Igreja no Brasil.
    O documento com a “Estratégia Nacional para o Enfrentamento da Hanseníase 2019 – 2022” do Ministério da Saúde do Brasil reconhece que o país está entre os 22 que possuem as mais altas cargas da doença em nível global, ocupa a 2ª posição na detecção de casos novos e detém 92% do total de casos dos países das Américas.

    A CNBB propôs apresentar o tema para o próximo encontro nacional das Pastorais Sociais, marcada de 1º e 2 de agosto, e buscar articular um trabalho junto às pastorais que atuam mais diretamente no campo da saúde, Pastoral da Saúde e Pastoral da Criança, entre outras, tendo em vista o seu alcance e capilaridade nacional. Propôs ainda apresentar a ação para as lideranças católicas que atuam no Conselho Nacional de Saúde.

    Os representantes da Nippon Foundation se comprometeram a enviar materiais – vídeos e folders – em português, para disseminação das informações junto aos públicos das pastorais da Igreja no Brasil. O embaixador da Boa Vontade da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Eliminação da Hanseníase, Yohei Sasakawa viajará à Belém e Marabá (PA) e São Luiz do Maranhão (MA). Ele pretende também se encontrar com os bispos destas regiões.
    Também integraram a comitiva de oito pessoas, representantes do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). O subsecretário adjunto geral da CNBB, padre Dirceu de Oliveira Medeiros, o subsecretário adjunto de pastoral, padre Marcus Barbosa, e o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sócio Transformadora, Frei Olavo Dotto acompanharam a agenda.

    Fonte: https://noticias.cancaonova.com/igreja/embaixador-da-oms-para-a-hanseniase-busca-apoio-da-igreja-no-brasil/

    Da Redação Multimídia
    Departamento de Jornalismo (com informações: Canção Nova)
    Kairós FM