Notícias

Mais um Natal sem abono nos Poderes.

Por mais um ano, cerca de 130 mil servidores dos Três Poderes do Estado, do Ministério Público (MPES), do Tribunal de Contas (TCES) e das quatro prefeituras da Grande Vitória ficarão sem receber o abono de fim de ano.

 

Completam-se, assim, três anos que o benefício – considerado um bom extra em natais passados – não é pago aos cerca de 90 mil servidores ativos e inativos do governo estadual. A última vez foi em 2014, na gestão do ex-governador Renato Casagrande (PSB). O valor do abono, na ocasião, foi de R$ 500.

 

“Não há previsão de pagamento de abono natalino aos servidores”, disse, em nota, a Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger).

Também há três anos os demais Poderes e instituições não realizam o pagamento. A Assembleia Legislativa alega não ter dinheiro em caixa, este ano, para conceder o abono natalino para seus 1,5 mil servidores.

 

Em 2014, a Casa repassou R$ 700 para cada funcionário. O mesmo valor foi disponibilizado aos 3,6 mil servidores do Tribunal de Justiça, aos 500 profissionais do Tribunal de Contas e aos 640 funcionários do Ministério Público, na época. Agora, em 2017, não há previsão de pagamento.

 

Nas prefeituras de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica também não há perspectiva de concessão do abono. Na Capital, o benefício não é repassado aos 12.240 servidores desde 2007, de acordo com a prefeitura, e este ano não será diferente.

 

Entre as quatro administrações municipais, Vitória é a que possui o maior tempo sem pagar o abono. O valor de R$ 400 para cada servidor foi feito pela última vez ainda na gestão de João Coser (PT). “Pelo terceiro ano consecutivo, vamos antecipar o pagamento do 13º salário dos servidores, no dia 24 de novembro”, disse, em nota, a prefeitura.

 

Apenas o Executivo da Serra promete analisar a possibilidade de pagamento do benefício de Natal aos seus mais de 10 mil servidores. No entanto, não informou a data para uma possível decisão. O último abono pago aos servidores do município foi em 2013, no valor de R$ 250.

 

Ao contrário dos Poderes e instituições do Estado, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro depositou, na última terça-feira, um valor extra de R$ 2 mil, chamado “vale-peru”, a seus mais de 14 mil servidores.

 

PAGAMENTO DO ABONO

 

Total sem abono


No total, 133.921 mil servidores do governo do Estado, da Assembleia, do Tribunal de Justiça, do Tribunal de Contas, do Ministério Público e das quatro prefeituras da Grande Vitória (Capital, Vila Velha, Serra e Cariacica) ficarão sem o abono natalino este ano.

 

No Estado

 

Cerca de 90 mil servidores do Executivo estadual, entre ativos e inativos, ficarão sem o benefício. O último pagamento foi em 2014, quando o governo concedeu um abono natalino de R$ 500.

 

Outros casos

 

Também data de 2014 a última vez que o abono de Natal foi pago. Os valores repassados aos servidores de Assembleia, TJES, TCES e MPES foi de R$ 700.

 

Prefeituras

 

Vitória e Cariacica não repassam o abono desde 2007 e 2011, respectivamente. Vila Velha e Serra não concedem o benefício desde 2013.

 

Fonte: https://www.gazetaonline.com.br/noticias/politica/2017/11/mais-um-natal-sem-abono-nos-poderes-1014107707.html

 

Da Redação Multimídia

Departamento de Jornalismo (com informações: Gazeta Online)
Kairós FM

 voltar  |  topo  |  imprimir

 
Ao vivo Voz do Brasil com EBC das 19:00 às 20:00
  • 1 . Maiara e Maraisa - Bengala e Crochê
  • 2 . Jorge e Mateus - Contrato
  • 3 . Kell Smith - Era Uma Vez
  • 4 . Dom Paulo Bosi Dal´Bó - São Mateus (Hino do Jubileu Diocesano)
  • 5 . Solange Almeida (Part. Wesley Safadão) - Se É Pra Gente Ficar
 

De onde você ouve a rádio Kairós?

Resultado Parcial