Notícias

Autores se reúnem para lançar 18 obras no Palácio Anchieta.

Em contos curtos reunidos no livro “Quase Sertão”, o agora escritor Paulo Sena homenageia a própria infância, vivida em uma cidadezinha do extremo sul da Bahia. Sena, que radicou-se no Espírito Santo como roteirista de cinema e teatro, hoje lança seu primeiro livro, às 19h, no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, ao lado de 17 outros autores contemplados pelo edital 007/2016, do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Todos os livros serão distribuídos gratuitamente na ocasião.

 

“Quase Sertão” foi produzido em dois anos, como a realização de um sonho antigo do roteirista Paulo Sena. O autor usou a própria infância como inspiração, unida a referências de seu escritor favorito, Guimarães Rosa, forte influência na condução rítmica e na tentativa de detalhar as nuances emocionais de seus personagens e dos lugares vividos.

 

“Minha relação com a literatura está automaticamente ligada à minha infância. Ali trago ficção, mas tem muito de realidade colocada nos contos”, conta Sena, que começou a escrever há cerca de três anos, quando foi convidado por um amigo para escrever em um jornal.

 

Em seguida, começou a se inscrever em competições, onde foi bem aceito e sentiu-se encorajado a enveredar pelo caminho da escrita. Hoje, Sena considera a literatura como um divisor de águas em sua vida. Com o apanhado feito em “Quase Sertão”, o leitor assíduo de contos e romances viu-se perto de realizar um desejo gestado por anos.

 

“Nunca concretizei isso porque achava algo muito distante, que eu não tinha capacidade para escrever. Acho que talvez a relação com os concursos literários me incentivou. Me senti impulsionado”, diz.

 

Para ele, dar vazão à própria imaginação foi necessário até para aproveitar o que não cabia no cinema e no teatro. “Vi que poderia dar corpo a isso na literatura, no formato da escrita, e tudo passou a fazer sentido. Não teria outro lugar para explorar isso que não fosse a escrita, a literatura”.

 

VARIEDADE


A abrangência de gêneros é uma das características do processo do edital, que reúne romance, conto, crônica, poesia e literatura infanto-juvenil. A gama de escritores também é ampla, com jovens como Brunella Brunello, Adrielly Selvatici e Yan Brandemburg, a nomes mais conhecidos, como Francisco Aurélio, José Irmo Gonring e Mirian da Silva Cavalcanti.

 

Depois do lançamento, os livros serão destinados à rede pública de ensino, bibliotecas públicas municipais e também para as unidades da Biblioteca Transcol e Biblioteca Móvel. O objetivo é distribuí-los por todos os municípios do Estado.

 

Obras & Autores


Lançamento

Serviço: O evento será realizado hoje, às 19h, no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta (Praça João Clímaco, 142, Centro, Vitória). Entrada franca.

 

Obras

- Uma Viagem de Tartaruga

Adrielly Selvatici

 

- Quase Sertão

Paulo Sena

 

- Covil

Ariel Lacruz

 

- Bárbara

Brunella Brunello

 

- O Que Se Cala Não Nos Cura

Casé Lontra Marques

 

- Os Dalmarco

Daniel Ferreira Sueth

 

- Beije-me em Barcelona

Fabio Paiva Reis

 

- Clarissa e o Beija-flor e outras Histórias

Francisco Aurélio Ribeiro

 

- Voz (poemas)

Jorge Verly

 

- As Libras Estrelinhas

José Irmo Gonring

 

- A Última Peça

Karina Heid

 

- Aroldo Rufino de Oliveira: Biografia Memorável do Primeiro Mestre-sala Do Carnaval Capixaba

Marcelo Rodrigues de Oliveira

 

- A Carteira Voadora

Lorena Lima

 

- Imigração Italiana, Religião e Trabalho

Flavia Salles

 

- Feminina, Feminae – Silêncio, silêncios

Mirian da Silva Cavalcanti

 

- Do Tigre Que Comeu a Lua

Rodrigo Nogueira Brito

 

- Arame Farpado

Simone Lacerda

 

- Nós De Sangue

Yan Brandemburg

 

Fonte: http://www.gazetaonline.com.br/entretenimento/cultura/2017/11/autores-se-reunem-para-lancar-18-obras-no-palacio-anchieta-1014106606.html

 

Da Redação Multimídia

Departamento de Jornalismo (com informações: Gazeta Online)
Kairós FM

 voltar  |  topo  |  imprimir

 
Ao vivo Cio da Terra com Rosy Oliveira das 17:00 às 18:00
  • 1 . Maiara e Maraisa - Bengala e Crochê
  • 2 . Jorge e Mateus - Contrato
  • 3 . Kell Smith - Era Uma Vez
  • 4 . Dom Paulo Bosi Dal´Bó - São Mateus (Hino do Jubileu Diocesano)
  • 5 . Solange Almeida (Part. Wesley Safadão) - Se É Pra Gente Ficar
 

De onde você ouve a rádio Kairós?

Resultado Parcial