Notícias

Parentes confirmam mais vítimas de ataque em Las Vegas

Enquanto a Polícia Metropolitana de Las Vegas investiga o que fez o atirador Stephen Paddock, de 64 anos, abrir fogo contra uma multidão, neste domingo, parentes e amigos homenageiam vítimas do massacre. As autoridades trabalham na identificação de ao menos 59 vítimas e nos cuidados de mais de 500 feridos em um festival de música country. O autor do ataque armado, o maior da História moderna dos Estados Unidos, foi encontrado morto com ao menos 17 armas no quarto do hotel do qual atirou.

Nesta segunda-feira, começaram a surgir os primeiros nomes e homenagens aos mortos no massacre. Conheça as histórias de outras vítimas identificadas por parentes e autoridades.

DENISE BURDITUS

Denise Burditus morrem em ataque a festival

Denise Burditus morrem em ataque a festival
Foto: Reprodução/Facebook

Natural de West Virginia, ela estava no festival com o marido, Tony Burditus. Uma amigo da família contou ao "Huffington Post" que o casal se amava desde a escola. Pelo Facebook, o companheiro confirmou a morte de Denise em seus braços.

"Estou triste em dizer que perdi aquela que era minha mulher há 32 anos, mãe de dois e prestes a ser avó de cinco, no ataque a tiros de Las Vegas. Denise morreu nos braços. Eu te amo, amor", escreveu Tony.

CHRISTOPHER ROYBAL

Chris Roybal morrem em ataque em Las Vegas

Chris Roybal morrem em ataque em Las Vegas
Foto: Reprodução/GoFundMe

Aos 28 anos, o californiano havia voltado recentemente da guerra no Afeganistão. Veterano da Marinha americana, ele estava no show country com a mãe, de quem se perdeu quando os tiros e a correria começaram. "Ele vai para o combate e volta sem estar ferido, mas vai a um concerto e morre", lamentou a mãe à "NBC4".

O último post da vítima chamou a atenção de internautas, que lamentaram a morte de Christopher. "Como é ser alvo de tiros?", questionava o californiano, no começo de um texto em que relatava o horror da guerra. "É um pesadelo que nenhuma droga, nenhuma terapia e nenhuma conversa bêbado com colegas veteranos vai te fazer escapar", definiu.

JACK BEATON

Jack Beaton morreu no massacre em Las Vegas

Jack Beaton morreu no massacre em Las Vegas
Foto: Reprodução/Facebook

Nativo da Califórnia, ele foi baleado enquanto tentava proteger a mulher dos disparos. Parentes de Beaton relataram o heroísmo do companheiro de Laurie Beaton nas redes sociais. A filha dele destacou que o pai pulou em frente à mulher e levou um tiro. O filho do casal, de mesmo nome que o pai, ressaltou no Facebook que perdeu o melhor amigo. Horas antes do massacre, o californiano postou uma foto com a mulher no festival country. "Dia 3 do Route 91 em Vegas!", celebrou.

DANA GARDNER

Dana Gardner é uma das vítimas de ataque em Las Vegas

Dana Gardner é uma das vítimas de ataque em Las Vegas
Foto: Reprodução/Facebook

Aos 52 anos, Dana estava com uma das filhas no Festival Route 91 Harvest. Ela viajou até Las Vegas para os shows. A servidora pública, conhecida pela dedicação à família e ao trabalho, morava em San Bernardino — lugar em que um ataque terrorista deixou 14 mortos e 22 feridos em 2015.

A filha não ficou ferida e se perdeu da mãe ao fugir dos disparos. Sem notícias da parente, ela contatou a polícia para encontrar Dana e descobriu, mais tarde, que ela não havia sobrevivido.

HANNAH AHLERS

Hannah Ahlers gostava de atividades ao ar livre

Hannah Ahlers gostava de atividades ao ar livre
Foto: Reprodução/Facebook

A californiana de 35 anos era paraquedista e "devota mãe de três", de acordo com uma amiga. Atingida pelos tiros no show, ela deixa marido, com quem vivia há 16 anos, e três crianças. No Facebook, Hannah é descrita como alguém que amava viver ao ar livre e como uma linda mulher que tinha um coração tão lindo quanto.

TOM DAY JR

Tom Day Jr estava com os filhos no festival

Tom Day Jr estava com os filhos no festival
Foto: Reprodução/Facebook

Morador de Riverside, ele acompanhava as apresentações de música country com quatro filhos — todos entre 20 e 30 anos. O pai dele, Thomas Day Sr, confirmou que recebeu a notícia da morte por telefone e destacou que o filho era "o melhor pai". O avô, que mora na região de Las Vegas, abrigou os netos e os acolheu no momento de luto. "Eles estão devastados", contou à mídia americana.

 

Fonte: www.gazetaonline.com.br

 

Da Redação Multimídia
Departamento de Jornalismo (com informações: )
Kairós FM

 voltar  |  topo  |  imprimir

 
Ao vivo Domingão da kairós com Playlist das 00:00 às 07:00
  • 1 . Maiara e Maraisa - Bengala e Crochê
  • 2 . Jorge e Mateus - Contrato
  • 3 . Kell Smith - Era Uma Vez
  • 4 . Dom Paulo Bosi Dal´Bó - São Mateus (Hino do Jubileu Diocesano)
  • 5 . Solange Almeida (Part. Wesley Safadão) - Se É Pra Gente Ficar
 

De onde você ouve a rádio Kairós?

Resultado Parcial