Notícias

ES tem 14 cidades em situação extremamente crítica de falta de água

Catorze municípios do Espírito Santo estão em situação extremamente crítica quando o assunto é abastecimento de água, segundo a Agência de Recursos Hídricos do estado. A região Noroeste é a mais atingida. Nessas cidades, a garantia é de água para consumo humano só pelas próximos 30 dias e o abastecimento é feito por caminhões-pipa.

 

A expectativa para os próximos meses não é boa. "Já estamos com perfuração de poços em alguns municípios, isso já está em execução. Estamos focando nisso nessa região, a alternativa nesse momento é a perfuração de poços e o abastecimento emergencial com carro-pipa", explicou o presidente da Cesan, Pablo Andreão.

 

Os municípios em situação extremamente crítica são: Ecoporanga, Barra de São Francisco, Marilândia, Alto Rio Novo, São Mateus, Rio Bananal, Sooretama, Aracruz, Ibiraçu, São Roque do Canaã, Santa Teresa, Itarana, Serra e Guaçuí.

 

Outros 10 municípios estão em situação crítica e garantem abastecimento por até 90 dias. São eles: Água doce do Norte, Vila Pavão, Pinheiros, Conceição da Barra, São Gabriel da Palha, Pancas, Colatina, Itaguaçu, Santa Maria de Jetibá, João Neiva. 

 

Oito cidades estão em situação de emergência ou calamidade pública: Jaguaré, Mantenópolis, Mimoso do Sul, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha.

 

O volume de chuva nos meses de fevereiro e março foi baixo, menos da metade do previsto. E para abril, a previsão não é muito boa. "O período chuvoso se encerra em abril. Daqui para frente, a média de chuva para o Espírito Santo é entre 40, 60, até 75 milímetros, dependendo da região. Não são chuvas que podem trazer recarga ao lençol freático, então é realmente preocupante", disse o meteorologista do Incaper, José Geraldo.

 

O governo aposta na construção de barragens e pretende construir cinco de médio porte e outras 26 barragens menores nas regiões Norte e Noroeste. Além disso, pretende retomar as obras da barragem de Pinheiros, parada há oito anos.

 

Segundo a Cesan, por enquanto não há previsão de falta de água em Vitória e Vila Velha, mas a vazão dos rios Jucu e Santa Maria, que abastecem a região Metropolitana, está muito abaixo do normal para essa época do ano.

 

Até o final o ano, a Cesan acredita que o Sistema Reis Magos, na Serra, estará funcionando e vai reforçar o abastecimento na Grande Vitória, mas de imediato, a medida mais eficaz é a economia de água.

"Precisamos manter o controle, precisamos manter os hábitos de economia de água. isso é fundamental nesse cenário ruim que a gente se encontra ainda", disse.

 

Resolução prorrogada


Para ajudar na economia de água, o governo do estado prorrogou uma resolução que determina que a captação de água só pode ser feita entre 5h e 18h, e somente pra consumo humano e animal. A determinação vale até maio. 

 

Fonte: g1.globo.com

 

Da Redação Multimídia
Departamento de Jornalismo (com informações: Diocese de São Mateus)
Kairós FM 

 voltar  |  topo  |  imprimir

 
Ao vivo Boa Tarde Kairós com Rosy Oliveira das 14:00 às 15:00
  • 1 . Maiara e Maraisa - Bengala e Crochê
  • 2 . Jorge e Mateus - Contrato
  • 3 . Kell Smith - Era Uma Vez
  • 4 . Dom Paulo Bosi Dal´Bó - São Mateus (Hino do Jubileu Diocesano)
  • 5 . Solange Almeida (Part. Wesley Safadão) - Se É Pra Gente Ficar
 

De onde você ouve a rádio Kairós?

Resultado Parcial