Notícias

H1N1: ES tem 1ª morte é confirmada pela secretaria estadual de Saúde

A primeira morte por H1N1 no Espírito Santo foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), na tarde desta terça-feira (12). Três outras estão em investigação para determinar o agente causador. Até esta terça, oito casos da doença foram confirmados no estado, por meio de exames laboratoriais.

A Secretaria Municipal de Saúde de Colatina informou que a morte por H1N1 foi no Hospital Silvio Avidos, mas a vítima era moradora de Governador Lindenberg, no Noroeste do estado. A morte, segundo a secretaria em Colatina, aconteceu há 30 dias.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que ainda não há a informação de onde e como a pessoa, que não foi identificada, contraiu a doença.

A Sesa informou ainda que recebeu, entre 3 de janeiro e 12 de abril, 36 notificações de Sídrome Respiratória Aguda Grave, que inclui as gripes A, com os subtipos H1N1, H3N2, e B.

 

Casos suspeitos


Uma das mortes de morador do Espírito Santo por suspeita de H1N1, que está sendo investigada pela secretaria, é de um homem de 48 anos que vivia em Afonso Cláudio. Ele fazia uma excursão para São Paulo, para fazer compras, quando foi internado e morreu na madrugada desta terça. 

Outra morte também foi registrada neste mesmo dia, mas no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. Trata-se de uma técnica de enfermagem, que trabalhava no Hospital Infantil de Vitória. Segundo a Sesa, ela morreu com suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave e o agente causador será investigado.

Vacinação


O governo do Espírito Santo vai antecipar a vacinação contra gripe para a próxima segunda-feira (18) e seguirá um cronograma por público-alvo, conforme orientação do Ministério da Saúde. Pelo menos 679 mil pessoas devem ser imunizadas no estado, o que representa 80% do público prioritário (849.975 pessoas). No estado já há um caso confirmado da doença. 

 

Os primeiros a receberem a dose serão os trabalhadores da saúde, as gestantes e as puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto).

A partir de 30 de abril, Dia D de mobilização nacional, até o dia 20 de maio, a vacinação será destinada a todos que compõem o grupo prioritário da campanha. Também fazem parte desse grupo as pessoas com 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade; indígenas; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; e pessoas com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, entre outras.

 

Orientações


Tanto a Influenza A (H1N1) quanto a Influenza Sazonal (gripe comum) são causadas por subtipos do vírus Influenza. Os sintomas são os mesmos: febre, tosse, dor de garganta, dor no corpo e mal estar, caracterizando uma síndrome gripal. Quando o paciente apresentar estes sintomas e estiver com dificuldade para respirar, a orientação é procurar um serviço médico.

 

Prevenção


- Lavar sempre as mãos com água e sabão;
- Evitar colocar as mãos no rosto, em especial na boca e no nariz;
- Ao tossir ou espirrar cobrir o nariz e a boca com lenço de papel. 

 

Fonte: g1.globo.com

 

 

Da Redação Multimídia
Departamento de Jornalismo (com informações: 
g1.globo.com)

Kairós FM 

 voltar  |  topo  |  imprimir

 
Ao vivo Santo Terço com Associados ao clube do ouvinte das 18:30 às 19:00
  • 1 . Gusttavo Lima - Apelido Carinhoso
  • 2 . Jorge e Matheus - Contrato
  • 3 . Thiago Brava - Dona Maria
  • 4 . Thiaguinho - Só Vem
  • 5 . Matheus e Kauan - Tô Com Moral No Céu
 

De onde você ouve a rádio Kairós?

Resultado Parcial